segunda-feira, junho 02, 2008

APPAM

ENTRADA IMEDIATA NO MERCADO DE TRABALHO

REMUNERAÇÃO DE 700€

A ACADEMIA APAMM ciente do desafio que se coloca no que concerne à exigência de uma política sustentável favorável ao emprego e à qualificação, definiu e planificou o Projecto PROskills, uma inovação formativa que, de modo holístico, se define como a transição entre o Ensino Superior e a carreira profissional.

Os Cursos PROskills são divididos em diversos ramos de especialidade académica. Esta formação é estruturada em cerca de 100 horas e subdividida em diversos módulos intensivos, ministrados, diariamente e em horário laboral, por formadores altamente qualificados e com elevada experiência profissional.

A ACADEMIA APAMM assegura a TODOS os formandos de cada curso a entrada imediata no mercado de trabalho através da realização de um estágio profissional remunerado (700€), com uma duração de 9 meses, numa das empresas nacionais parceiras da ACADEMIA APAMM. Estes licenciados terão o privilégio de iniciar imediatamente o seu percurso profissional dispensando a, por vezes, exaustiva procura de emprego.

Após término do estágio profissional será dado um prémio no valor de 500€ aos 3 melhores formandos de cada turma.


Inscrições abertas para as seguintes acções:
(Número máximo de 12 participantes por turma)

- Ramo Economia/Gestão
- Ramo Contabilidade/Administração
- Ramo da Gestão Integrada, Ambiente e Segurança

Valor da Formação: 500€

Para mais informações contactar Mónica Silva - formacao@academiaapamm.com



São João da Madeira
Telefone: +351 256 820 300
Fax: +351 256 820 302
Telemóvel: +351 91 620 37 48
Email: geral@academiaapamm.com
Consultar
www.academiaapamm.com

5 comentários:

Andreia disse...

Não é por nada, mas sou só eu que acho isto retorcido? lol...

Ainda bem que vivemos numa sociedade em que quem tem dinheiro, mesmo assim, ainda precisa que lhe arranjem um estágio remunerado...ainda que essa remuneração seja abaixo do valor normal de estágio remunerado.

Ao menos de entre os 12 formandos, 3 saiem a ganhar...

Domingos Pereira disse...

eu não confirmei todas as informações... mas o que me parece é que todos saiem a ganhar, tendo em conta o panorama do desemprego.

se se pensar que muitos optam por pós-graduações face ao facto de não arranjarem emprego... esta é uma solução interessante, com um custo menor e com um return on investment porreiro a curto prazo

de qualquer maneira... quem estiver interessado que arrisque a informar-se melhor e nos dê mais feedback

Andreia disse...

Tendo em conta que é uma Escola de Formação...não é o mesmo que tirar um curso Pós-Graduado. Para já a formação é totalmente diferente, o tipo de docentes é diferente, os créditos que obtens são diferentes, o tempo de formação é diferente, entre muitos outros aspectos.

Para além disso, o que me sugere este tipo de iniciativa é o típico favoritismo português em relação ao tecido empresarial, que empresas que vão aceitar estagiários afinal são essas? Clientes da Escola de Formação?
E porque é um Estágio "remunerado", ao invés de um Estágio "Profissional"? Porque envolve menos custos para as empresas, menos protecção no emprego, só para referir alguns pontos que, a mim, me deixam de pé atrás.

Mas eu sou naturalmente desconfiada lol.

Domingos Pereira disse...

a pós graduação vale o que vale e não quis fazer qualquer comparação, até porque não tenho como faze-lo. o que quis dizer foi que a pos graduação nao te garante trabalho apos a conclusao do curso.

Já agora faço-te algumas correcções. O estágio profissional é muito menos pesado para as empresas porque estas recebem um montade do estado para pagar ao colaborador. em relação à protecção no emprego tanto a empresa como o colaborador podem cancelar o contrato a qualquer altura. o colaborador não paga impostos mas também nao tem direito a subsidios nem a ferias... durante aqueles 9 meses.

Andreia disse...

Diz lá especificamente que é um estágio profissional remunerado, o qual implica o montante de 2 X's o salário mínimo nacional, o que não é o montante apresentado pela empresa.
Mais que isso, sendo estágio profissional remunerado possivelmente é através do IEFP, logo enquanto empresa recebes metade do montante à mesma.

Para além disso não tens subsídios de férias, mas tens descontos a fazer, dos quais podes reaver dinheiro.

De qq forma tb n vale a pena especular sobre factos dos quais não tenho certeza, mas que isto me parece lobo em pele de cordeiro, parece lol.