quarta-feira, agosto 05, 2009

jogos de confiança



Há umas semanas, orientei um workshop sobre confiança num convívio com o pessoal do work. Foram apenas 3 simples jogos, desenvolvidos com o intuito de fazermos uma introspecção sobre aquilo que sentimos uns pelos outros. Todos os jogos tinham esta e uma outra característica em comum. Quão confortáveis nos sentimos, quando, desprovidos de um dos nossos sentidos mais importantes - a visão - e temos de confiar em alguém para nos satisfazer essa necessidade?

É claro que era meu desejo que todos sentissem a dificuldade de executarem simples desafios, pois podendo fazer batota, é humano fazê-la, quando isso nos dá mais segurança. Foi o que, em regra, aconteceu.

No nosso dia-a-dia, não acreditamos que o condutor do autocarro faça uma manobra duvidosa, colocando a nossa vida em risco; não acreditamos que alguém num estádio traga uma bomba, porque até confiamos nos seguranças da entrada e no bom senso das pessoas; não acreditamos que alguém nos apareça em contramão na autoestrada que fazemos todos os dias. Assim como confiamos que o destino que nos está reservado não nos apresentará nunca uma doença, ou acidente mortal, aliás, que as coisas más nunca nos aconteçam porque, na realidade, apenas acontecem aos outros.

Bom, isto ligado à gestão, é qualquer coisa como: Delegar responsabilidades, como confiar que as coisas vão ser feitas? Como acreditar que tal trabalho é desempenhado com o mesmo envolvimento como se fosse feito por mim? Como acreditar que as coisas vão ficar bem feitas?

Se eu fosse um gestor de pessoas, a que política de gestão de pessoal recorreria? Democrática, Tutalitária?

Mais uma vez, a coisa não é fácil. E acho que todos perceberam que ser chefe é difícil e, por isso, serve a poucos.


ps-quem precisar de ideias para este tipo de jogos pedagógicos para adultos e que deixam todos com boa disposição, apitem.


2 comentários:

Sílvia disse...

Olá
li sobre os jogos de confiança e a gentil amabilidade em podermos contar com ajuda para podermos obter jogos de confiança para adultos.Pois, eu preciso muito disso, para trabalhar com adultos, como posso fazer para os poder obter?
Obrigada.
Sílvia
sissitoujours@gmail.com

Domingos Pereira disse...

Descobri recentemente um portal com imensos exemplos de dinâmicas pedagógicas. O utilizador tem 30 dias de inscrição grátis para absorver todos os conteúdos que quiser, depois pode optar por adquirir ou não o serviço pago.

http://www.formador.com.br/