sexta-feira, outubro 12, 2007

Segmentaçao e Target: PARTE II

Eu coloquei a pergunta anterior porque de facto, tinha a ideia de que a nossa formação nos levou a colocar a tarefa de identificação de públicos-alvo como a primeira numa estratégia de... COMUNICAÇÃO. Isto leva-nos a transpor a mesma percepção para a lógica de negócio, da identificação de mercados, na síntese, na lógica do marketing.

Mas deviamos ter isto super claro nos nossos cérebros.

Vou continuar com o mesmo exemplo:

Sabendo que para fazer segmentação é preciso ter critérios (ou seja, vou criar grupos de individuos em que estes tenham pelo menos uma característica em comum) e que estes são: geográficos, demográficos, psicográficos, sociais e económicos; ajudem-me a perceber esta lógica do Segmentation -> Targeting -> Positioning

Eu tenho uma loja de sapatos

para quem? Para homens (segmentação demográfica: sexo), entre os 0 e 9 anos (segmentação demográfica: idade).

Loja no Porto (segmentação geográfica)

etc...

Perguntas:

Quando é que começo a falar de targeting, targets, públicos-alvo?

E se eu posso ter vários públicos-alvo então eu posso ter vários posicionamentos? Várias formas de me posicionar de acordo com a concorrencia que existe para cada público?

5 comentários:

Fred disse...

pois tou a perceber as tuas duvidas...eu proprio ainda não encontrei uma resposta plausivel para tal.

Mas pergunto, será o publico-alvo, o resultado do processo de segmentação? ou seja...

"loja de sapatos...para homens (segmentaçao demografica)...dos 0 aos 9 anos..."

Após determinar-mos todos os segmentos a atingir, podemos definir/descrever o nosso publico-alvo como tendo integradas todas estas condicionantes determinadas pela segmentação?
Será o publico-alvo o culminar do processo de segmentação?

Domingos Pereira disse...

Mercado= bolo de chocolate

Segmentação de mercado= as fatias do bolo

Público-alvo ?

Posicionamento ?

Fred disse...

Fatias de bolo rei = fatias distintas

Frutos secos diferentes em cada fatia, para gostos diferentes...para targets diferentes...

Segmenta-se o mercado para atingir publicos-alvo diferentes

Andreia disse...

Fred, ide abrir pastelaria para o bolo rei sensação deste Natal :), reserva os direitos de autor antes que te roubem a ideia :P

Como já tinha discutido com o Domingos, para mim há na minha cabecinha uma distinção entre um primeiro público bastante geral, do qual partimos primeiramente para poder segmentar o que quer que seja e um segundo público, que não é mais que um fragmento desse público global.

A segmentação implica análise do público, certo. Mas saber quem é globalmente o nosso público é uma coisa, segmentá-lo, para posteriormente adequar estratégias de comunicação ou marketing é para mim o passo imediatamente seguinte a sabermos quem de factcompõe o total do nosso público-alvo.

As parcelas que escolhemos da segmentação realizada serão sim o nosso público-alvo específico, podendo até fragmentar ainda mais as diversas parcelas e caminhar em direcção ao marketing one-to-one.

Eu vejo isso mentalmente como um conjunto de círculos, do mais abrangente, que é o universo global de indivíduos que compõe cada consumidor, para parcelas catalogadas em grupos homogénos e heterogeneos entre si - os tais segmentos.
De cada segmento, podemos escolher inclusivamente apenas um consumidor desse núcleo, neste caso estaríamos a falar de estratégias de marketing altamente direccionadas.
Mas eu enfim. lol...ideias. Ainda só tenho o marketing da 1ª classe :P

Domingos Pereira disse...

era curioso era ter intervencçoes de docentes por aqui... entretanto resta-nos a pesquisa e essa leva-me sempre para o STP