sexta-feira, outubro 22, 2010

Polémica em torno do conceito “relações públicas”

Ao ler esta notícia fiquei a pensar na combinação de palavras que montam o termo: relações(1) públicas(2).

Fui ao dicionário (www.priberam.pt):


relação
(latim relatio, -onis)
s. f.
1. Nota, rol, lista.
2. Narração de factos que se sucedem uns aos outros.
3. Analogia entre factos ou discursos. = conexão
4. Dependência, ligação.
5. Ligação afectiva! ou sexual entre duas pessoas.
6. Aritm. Comparação entre duas quantidades desiguais.
7. Tribunal de segunda instância, onde sobem por agravo ou apelação as causas julgadas ou pendentes nos tribunais de primeira instância.
8. Mús. Intervalo entre dois sons.

relações
s. f. pl.
9. Conhecimento, amizade, trato.
10. Pessoa com quem se tem conhecimento, amizade, trato.
11. Envolvimento sexual.
Aeron. relação de massa: num foguetão, relação entre o peso à partida e o peso à chegada.
relações sociais: convivência.
vida de relação: funções que põem o ser vivo em comunicação com o mundo exterior.

público
(latim publicus, -a, um)
adj.
1. Relativo ou pertencente ao povo, à população. = geral ≠ privado
2. Que serve para uso de todos. = colectivo!, comum ≠ particular, pessoal
3. Relativo à governação ou administração de um país. ≠ particular, privado
4. Que é do conhecimento de todos. = manifesto, notório, patente ≠ secreto
s. m.
5. A população em geral. = povo
6. Conjunto de pessoas que assiste a algo, geralmente um espectáculo! ou uma emissão. = assistência, auditório, plateia
7. Conjunto de pessoas que se interessa por algo ou ao qual se dirige determinada mensagem ou produto. = público-alvo
8. Sector! de uma actividade! pertencente ao Estado.

relações-públicas
s. 2 gén. 2 núm.
Profissional que, numa empresa, tem por funções estabelecer contactos com a imprensa, com o público, com outras organizações, etc.

Não deixa de ser curiosa a montagem. E mantendo a curiosidade... Porque é que falamos em comunicação institucional ou externa e não em comunicação pública?

1 comentário:

Fred disse...

Talvez pelo mesmo motivo que se fala em comunicação interna e não em comunicação privada ;)
Tem a ver com a adequação das palavras. Na minha óptica claro.